Muitos dos que entram em contato comigo  buscam informações sobre a Quimbanda Malei, como a informação sobre essa linha de quimbanda é bem exígua, resolvi criar esse texto para explicar um pouco do que é a Quimbanda Malei, a linhagem ainda existente dela e como reconhecer um verdadeiro Quimbandeiro Malei.

A quase um século atrás, um militar de nome Freitas, iniciado em Quimbanda Malei, foi para Santa Maria – RS e lá se estabeleceu e iniciou algumas pessoas nessa quimbanda até então desconhecida na região. Um de seus iniciados foi o pai Dorcides da Oxum, que tornou-se famoso na região (e rico) por seu extremo poder em matar pessoas em poucos dias.

Os mais antigos contam que quando o Pai Dorcides ficava andando muito por uma região, calmamente e com suas mãos para trás, é porque alguém por ali iria morrer em alguns dias. Dito e feito, sempre que ele estava na região, alguém morria rapidamente.

E assim, criou-se a fama de exímios feiticeiros dos quimbandeiros malei.

Infelizmente, Pai Dorcides iniciou poucas pessoas completamente na Quimbanda Malei e com isso, a malei começou a cair no esquecimento. Porém, um de seus filhos (completamente iniciado e pactuado dentro da Quimbanda Malei), Luciano de Oxalá, tomou pra si a tarefa de reviver a fama da quimbanda malei iniciando pessoas aptar ao sacerdócio em São Paulo (Eu, Tata Orion) e na cidade de Niterói – RJ um outro irmão de quimbanda, para assim, tirarmos das sombras a Quimbanda Malei, a mais poderosa e difícil das linhas de quimbanda.

Existem muitos terreiros de Quimbanda Malei?

Não. Como bem expliquei, poucos foram iniciados por Freitas e pelo Dorcides da Oxum, e justamente por isso, ao longo do tempo seus praticantes ou foram morrendo, ou passando a outras quimbandas ou até mesmo para outras vertentes. Ou seja, é uma linhagem de quimbanda quase extinta, mas não completamente.

Aqui no Tradição das Sombras nos juntamos a iniciativa de nosso pai Luciano de Oxalá e buscamos levar a Quimbanda Malei ao patamar de antigamente resgatando suas práticas e abrindo ao público a sua existência e autenticidade.

Sendo assim, conhecidos hoje em linhagem de nosso avô Dorcides e pai Luciano de Oxalá, temos apenas a própria casa do pai Luciano de Oxalá, uma casa de um irmão em Niterói – RJ e nosso templo aqui em SP, além, claro, de alguns filhos da casa que são daqui de São Paulo mesmo e iniciados por mim, Tata Orion!

E como reconhecer um verdadeiro Quimbanda Malei?

Pergunte à pessoa que se diz quimbandeira malei qual a linhagem dela. A linhagem da Quimbanda Malei é bem clara e conhecida, se a pessoa fugir do assunto, não der claras explicações ou algo do gênero, fuja, pois com certeza não é quimbandeira malei.

Iniciar em Quimbanda Malei

A Quimbanda Malei parte da premissa de que você só pode dar aquilo que você tem. Portanto, busque informações sobre ela apenas de quem a vive em sua plenitude, com todas as obrigações tomadas, axés recebidos e exus sentos. Afinal, se a pessoa recebeu para si uma Quimbanda Malei até mesmo funcional mas incompleta, como ela poderá completar sua vida dando a você algo que ela não tem?

E como me iniciar na Quimbanda Malei?

Entre em contato conosco, agende sua consulta e bata um papo comigo que buscaremos ver se a Quimbanda Malei é o melhor caminho pra você e, juntos, tomaremos esse caminho!